Dr. Rodrigo César de Oliveira – Diretor Técnico Médico – CRM-SP 134.672
Central de Marcação de Consulta e Procedimentos: ( 11 ) 2819-6050 / 2832-9798
Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta das 09h às 18h, e aos Sábados das 09h às 13h
( 11 ) 95989-1422

Olheiras

Existem basicamente dois tipos de olheiras, as causadas pelo excesso de vasos sanguíneos e que podem ser percebidas através da fina pele da região. Elas provocam uma pigmentação vascular no local (coloração mais arroxeada).
O outro tipo é causado devido ao excesso de pigmentação (melanina) nas pálpebras, o que deixa a região escurecida (coloração mais amarronzada). Em geral, as pessoas apresentam os dois casos, as chamadas olheiras mistas.

Também há aqueles que possuem olheiras por causa de uma depressão local (cavidade da pálpebra inferior), proporcionando uma sombra escura.
O fator genético é um dos itens de maior influência no assunto, as chamadas bolsas de gordura acentuam muito o incômodo estético, para cada situação explicada acima, diferentes tratamentos podem ser considerados.

Preenchimento de Olheira
Com apenas 1 aplicação de ácido hialurônico, já é possível nivelar as olheiras, sua principal indicação são as olheiras fundas, o ácido é introduzido com uma cânula fina ou agulha abaixo do músculo. O efeito dura até um ano, porém não corrigi a pigmentação da olheira, devendo posteriormente associar a outros tratamentos

Peeling Químico de Olheira
Peelings de ácido glicólico, retinóico e ácido tioglicólico são técnicas que o consultório utiliza para reduzir a quantidade de melanina na região de olheiras.
É um tratamento simples, podendo ser realizado á cada 20 dias, sendo necessário de 2 a 3 sessões para bons resultados, seus resultados são mais visíveis em olheira coloração mais escurecida(coloração mais amarronzada)

Carboxiterapia
A Infusão controlada de Co² (Carboxiterapia), é um procedimento alternativo, minimamente invasivo, que minimiza e, em muitos casos, corrige as olheiras de cor mais arroxeada (devido má circulação).
A carboxiterapia vai atuar nas olheiras causadas por congestão vascular e flacidez tecidual. Com uma aplicação de forma bem superficial na região da palpebral é possível realizar a infusão do gás carbônico (CO2), isto estimulará a circulação sanguínea e consequentemente melhorar a oxigenação do tecido. Este procedimento dura em média de 10 minutos.
Os ciclos de tratamento são compostos de 10 sessões, com intervalos a cada 3 dias, podendo ser realizados até 2 sessões na semana.
O efeito da carboxiterapia para olheiras dura em média 6 meses e depois deste período deve-se repetir o tratamento novamente.

Laser co2 fracionado
O laser é o tratamento indicado quando a pele da região possui flacidez e está “enrugada”, já que o laser fracionado irá promover uma retração da pele, diminuindo a flacidez e atenuando a cor da pele. Esses efeitos irão deixar a região das olheiras mais lisa, atenuando a sua aparência, é usado quando as causas das olheiras são mistas, mas o envelhecimento da pele é importante, deixando a pele enrugada, flácida e amarronzada.
O número de sessões varia de 2 a 3 sessões, sendo realizadas á cada 20 dias, a região de olhos pode ficar inchada durante 2 a 3 dias.

Laser Acroma
Tratamento de olheiras com laser seguro – É uma das melhores indicações desse laser, com resultados mais seguros para pacientes de pele morena e negra. A diferença dessa tecnologia para as outras é o tipo de pulso, bem mais curto, o que garante a baixa agressividade do equipamento, o clareamento ocorre pois o laser atua no sistema vascular ou na pigmentação, tratando as partes escuras da pele que tem depósito de melanina, podendo então ser usadas tanto nas olheiras arroxeadas ou amarrozada.
O número de sessões é maior, devido ao laser ser menos agressivo, em média, cinco sessões de laser, a cada 10 dias, dependendo do grau de olheiras que o paciente, assim como seu tipo de pele e reação ao tratamento.

Blefaroplastia
Indicado em casos onde além da olheira, acentua-se as bolsas de gordura em região infra-orbitária (Blefaroplastia).